PH Poem a Day – Dia 15 – O café

Dia 15 – O café Que acelerada essa menina, ela sempre reclamava A pressa, dos ritmos era o seu mais lento Avoada, esbaforida, ouvia duas ou três palavras Viver na correria era seu intento   Corre pra casa, sua namorada chamava Que essa noite você será alento Mas na saída, um cafezinho preto a esperava…

Continue lendo

PH Poem a Day – Dia 13 – O marinheiro

Dia 13 – O marinheiro A grande nau cortava ondas ferozes numa tarde de mar tempestuoso, embalando marinheiros italianos que se aproximavam de casa, após meses de navegação no mar aberto. Os porões vazios, os bolsos cheios, e apenas almejavam deitar em suas camas com suas esposas. – Estamos próximos da Ilha de Capri! Protejam…

Continue lendo

Opa, cadê as histórias?

As duas histórias sumiram daqui. Como pretendo publicar A Lince e a Raposa e Amigos de Aluguel em breve, removi do ar para evitar problemas editoriais e replicações não autorizadas. Estava lendo e eu malvadamente apaguei tudo? Me pede que eu mando um link ultra mega super secreto com a história que você quer ler….

Continue lendo

PH Poem a Day – Dia 9 – A loucura

Dia 9 – A loucura Eu precisava chegar à algum lugar, tinha pressa, mas sequer sabia para onde ir. Ok, eu não me importava para onde estava indo. E assim fui, pela floresta tão gigante, não, pela floresta tão pequenina, espera, pela floresta tão… Um jardim? Um gato com sorriso reto e rabo inquieto me…

Continue lendo