Read more

Poem a Day – Dia 22 – Cotidiano

2014-06-12 08.21.38

Eu sei que algumas pessoas frequentam este blog, um blog tão inconstante. Eu sei. E eu aprecio isso, agradeço as visitas.

Estou sofrendo do mal de não escrever, porque o tempo me é raro nestes dias juninos. Por quê? Porque assumi uma nobre tarefa, sou voluntária na Copa do Mundo, aqui, na Arena Fonte Nova, em Salvador. A arena das goleadas.

Apenas esta experiência, que chega à metade agora, seria o suficiente para escrever resenhas interessantíssimas. Conheci e lido com pessoas igualmente interessantes, tem sido dias surreais de algo nunca antes desempenhado por minha simplória pessoa. Vai dizer que você já fez uma checagem de tribuna de imprensa em companhia de uma colega da Letônia?

Nana e eu conversamos com um funcionário indiano, que perguntou se os voluntários já eram amigos antes da Copa, porque ele nos achou muito unidos e felizes. Não, nos conhecemos dia 6, na arena, acredite.

Por conta da falta de tempo (já que continuo trabalhando, mesmo sendo voluntária), não pude continuar participando do desafio literário #PHPoemADay. Mas hoje reservei um tempo para participar. E aqui está meu texto, um bobo e confessional diálogo entre mim e minha consciência.

Só voltarei a escrever substancialmente em agosto, porque estarei viajando pela Califórnia em Julho.

 

Dia 22 – Cotidiano

– Eu não sou uma pessoa séria.

– O que isso quer dizer? – Perguntou minha consciência.

– Que é difícil ser uma pessoa não séria hoje em dia.

– Por quê?

– Já leu Rilke? Rilke era solitário e não sério, como eu.

– Sim. Em qual trecho você está pensando? – Minha consciência especulava, entornando um copo vermelho.

– Um texto bobinho, mas complexo.

– Fala logo!

– “Mas é difícil a nossa incubência, quase tudo o que é sério é difícil, e tudo é sério.”

– Tudo?

– Quase tudo. Quase todos. É um saco não ser sério. Nem ser levado a sério quando o sou.

– Com que frequência isso acontece?

– Ser sério?

– Não, não. Não ser sério.

– Todos os dias, o tempo todo. Por isso chamo de cotidiano do hoje, o cotidiano da não seriedade que é minha vida.

Minha consciência ficou em silêncio por alguns segundos, assimilando.

– E quando você não está sendo sério, onde você está?

– Ah… Longe, tão longe. Outros países, outras realidades, vidas tomadas de empréstimo, vidas ficcionais.

– Parece interessante. E por que lamentas não ser sério?

– As pessoas acham ruim. Elas não entendem onde estou, mesmo estando no mesmo plano que elas, e mesmo estando feliz por estar ao lado delas.

Minha consciência coçou o queixo, me fitando.

– Você está doente. – Ela decretou.

– Estou?

– Está. E não tem cura. Desculpe ser a portadora da má notícia.

– É grave? – Perguntei.

– Grave, até onde sei, é um estado de saúde física. Seu diagnóstico é literal.

– Literal?

– Literário. Você sofre do mal de ser um escritor.

Facebook

comentários

Comment (1)

  1. Lai

    Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh (gritinho histérico)!!!Minhaaaaaaaaa escritora voltou e arrasando! !!
    Nossa , senti seu peito inflar ao falar do trabalho voluntário na copa!! Uma experiência única e com pessoas de culturas diferentes, é algo mágico. mesmo, mas é verdade, não é sonho! !!E qie bom que o grupo que se formou interagiram tão bem que parecem que se conhecem há anos! N precisaram de uma Psicologa social para melhorar oa vínculos e a interação. Hahahahaha…Aproveite bastante. .e n conheceu ng da Califórnia? ??kkkkkk
    Preciso dizer que adorei seu texto? ? Poswo saber pq minha esposa sabia q vc tinha postado eu nao??Posso saber como ela ja sabia o título quaae as 9 am e eu não? ? kkkkkkkk.Eu dormi cedoo, eu sei, mas sorte q tenho esse celular fofoqueiro e me disse q tinha msg do blog!!:).Tava precisando!!
    Fui pro mundo dos sonhos cedo pq tava preocupada com a reunião de hj, com a defesa do trbaalho. .22 pessoas me vendo falar.Desde a faculdade, onde tinham 40 pessoas, que n apresento pra tanta gente. E essa copa q n me deixa concentração pra estudar…..ao menos dps do congresso minua motivation voltou!!!
    Vc vai pra Califórnication e apesar de mt feliz por vcs..tenho quase dizer:Vouuuu sentir saudadessssss!! (pq n tenho alexmaniaa rsrs).
    PS:Vc é uma vaca…fala comigo e nem me avisa q postou coisa nova…janaei, , ja sei:vc disse q recebe notificação do blog qndo posto..problema seu..podia ser q tivesse desligado a sincronizaxaow do e-mail! kkkkk kkk.AdoroOooo falar isso pra vc!!Hehe.
    Vou terminar meu sucrilho q ja deve ta td molenga (de quem é a culpa? ????? rsrs).
    Beijoooooossss.
    Feliz sao João! !!

    Reply

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: